sexta-feira, abril 01, 2011

António Campos Leal - Apresentando



Eu.

Tenho nesta presença a razão do conceito e organização da iniciativa e é ela o dar início a mais um percurso no sentido de divulgar uma prática de fotografia alternativa que muito aprecio. Começou esta prática, de forma mais intensa à quase 12 anos o que me levou a motivar jovens com quem partilhava conhecimentos noutras àreas da Fotografia. 
Percurso feito com a criação do clube “Buraco de Agulha” e que resultava do interesse manifestado por alguns alunos no IPF, com os quais desenvolvi um conjunto de actividades que resultaram na minha ligação às iniciativas do  “Worldwide Pinhole Photography Day”, a que dei o meu apoio desde que para mim se tornou conhecida a sua existência e daí a minha presença com trabalho desde o ano de 2002.
Seguiram-se “Oficinas”, conferências, exposições, apoios a organizações várias mas sempre uma meta divulgar a Fotografia Estenopeica que alguns aplidam de pinhole e que eu tento seja identificada pela mais natural designação de estenopeica.
Desde a primeira hora um sitio no espaço virtual, http://pinhole.no.sapo.pt/ e que foi a primeira página nacional dedicada à Fotografia Estenopeica e a que juntei variados “blogues” que fui dinamizando de acordo com as possibilidades e saber.
Agora surge o “ÓBIDOSpinholando” que é a primeira iniciativa que junta figuras internacionais a autores nacionais. E abre para minha satisfação, com a possibilidade de trazer até cá alguns nomes de grande dimensão no panorama internacional e que tem mesmo representados três autores que estão directamente ligados à existência do “Worldwide Pinhole Photography Day”, Tom Miller (USA - team leader), Paolo Aldi (Italy) e Gregg Kemp (USA) e que desde o primeiro momento da organização do “ÓBIDOSpinholando” aderiram à iniciativa.
Quanto à minha presença propriamente dita, ela é resultado de um conceito amadurecido e ensaiado ao longo de algum tempo e que vou aplicar na realização de três fotografias obtidas sobre a Vila de Óbidos.

E agora vou querer melhor.

Sem comentários: