quinta-feira, maio 04, 2006

ESTENOPO 2



Uma vez que a digitalização é de pequena dimensão, a resolução de trabalho pode e deve ser o mais alta quanto possível, permitindo uma perfeita identificação da forma e dimensão do furo em causa.
Operações simples com o já mais que conhecido “Photoshop”, perdoe-se a publicidade, permite reenquadrar o furo realizado e a partir daí recortar a imagem do mesmo.

Sem comentários: